terça-feira, 27 de setembro de 2011

Esfoliação capilar:Peeling Capilar Caseiro

Primeira dica :

O peeling capilar é a esfoliação do couro cabeludo para melhorar a ação dos produtos hidratantes utilizados nos cabelos e remover as células mortas do couro cabeludo axuliando na limpeza profunda do couro cabeludo, e ativação do bulbo capilar.

O peeling capilar ou esfoliante capilar, é ideal para cabelos crespos, oleosos, com seborréia ou com caspas. E não deve ser feito em cabelos muitos secos.
Modo de Preparo do esfoliante capilar de maracujá :

Bata por pouco tempo no liquidificador o maracujá . Em seguida aplique o creme  no couro cabeludo, faça movimentos circulares suaves.

Deixe o esfoliante agir no couro cabeludo por 10 minutos e depois enxuague bem os cabelos.Caso deseje é possível fazer em seguida uma hidratação com uma boa máscara para hidratar os cabelos mas não passe o produto na raíz . Aplique apenas do meio para as pontas do cabelo.
Fonte:

 adrianeboneck.com.br


Segunda dica :

 

Esfoliação caseira para o couro cabeludo


O esfoleamento age diretamente no couro cabeludo, que remove células mortas e crostas que ficam acumuladas no couro, pois antes de você fazer uma hidratação no couro cabeludo ele deve estar bem limpo para receber melhor o produto.
Modo de Preparo do esfoliante capilar :



Você ira usar para fazer a esfoliação caseira do couro cabeludo: 1 colher (sopa) de açúcar mascavo e 2 colheres (sopa) de babosa.

Como preparar a esfoliação para o couro cabeludo:

Pegue um recipiente de vidro e misture os ingredientes, mexa bem atá que os ingredientes tenham uma boa consistência.
Como aplicá-lo:
Reparta o cabelo em duas partes, em seguida aplique o creme diretamente no couro cabeludo, depois esquente uma toalha coloque sobre a cabeça e deixe agir por 30 min.
Logo depois lave bem os cabelos com o shampoo de sua preferência e deixe o cabelo secar naturalmente.
Terceira dica :
 Quer fios maiores e saudáveis? Então descubra os benefícios da esfoliação capilar caseira
Cabelos longos
Com a esfoliação capilar, toda impureza do couro cabeludo vai embora
Foto: Dreamstime

O que é?



Trata-se de uma limpeza do couro cabeludo que elimina impurezas, oleosidade e resíduos. "Age até na poeira que se instala nos fios", explica o cabeleireiro Elias Correa, do salão Elias Coiffeur.


Quem deve fazer?



Pessoas com queda de cabelo, quem tem fios crespos e couro cabeludo oleoso, com caspa ou seborreia. "É aconselhável ainda para quem abusa de leave-in cremoso, reparador de pontas e spray para fixar", avalia Claudia Pavlich, cabeleireira da Maison Vitalícia (RJ). Costuma tingir? Considere fazer a esfoliação,pois "esta química sempre mancha o couro cabeludo", diz a cabeleireira Fabiana Gelard, do Instituto de Beleza Ilha Mar.


Como usar?



Até duas vezes por semana, aplique no couro úmido, massageando bem a cabeça por alguns minutos. Siga também a orientação de cada produto.


Haja benefícios!



1. Fios de rapunzel


"A esfoliação desintoxica a cabeça e melhora a circulação de nutrientes no couro cabeludo, podendo resultar, sim, num crescimento maior e mais saudável", diz Patrícia Hufnagel Toscani, engenheira química da Ponto 9 Cosméticos.


2. Cabelo forte e saudável


"A massagem no couro durante a aplicação irá mantê-lo saudável e desobstruirá os poros, fazendo com que os fios cresçam mais fortes e saudáveis", garante Ademir Jr., dermatologista especialista em tricologia.


3. Madeixas hidratadas


Como você limpa toda a região capilar, consegue prepará-la para absorver melhor os nutrientes que virão em seguida. "Por isso, vale a pena fazer uma hidratação com máscara após a esfoliação", sugere Patrícia. "Os fios ficam mais alinhados e a penetração do produto, consequentemente, é maior", garante ela.


4. Oleosidade reduzida


Toda impureza do couro vai embora pelo ralo e a raiz ganha um aspecto menos oleoso.


Esfoliante de emergência



O especialista Ademir Jr. ensina uma receita simples e eficaz para você fazer hoje mesmo

Você deve misturar uma colher (sopa) de açúcar com uma colher (sopa) de iogurte natural. Aplique no couro cabeludo úmido, massageando por dois minutos. Em seguida, lave o cabelo normalmente.



Esfolie!



 Produtos 


1. Esfoliante capilar: tem propriedades refrescantes, hidrata e reduz a oleosidade. Da Alpha Line. R$ 25
2. Pré-xampu desintoxicante: desobstrui os poros e faz os fios crescerem saudáveis e brilhantes. Da Éh Cosméticos. R$ 19,50
3. Xampu esfoliante peeling hair: remove o excesso de oleosidade e resíduos. Da Vita Derm. R$ 16,90
4. Xampu superpeeling hair: limpa os fios da raiz às pontas, sem ressecá-los. Da OX. R$ 14


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

As novidades das Blogueiras sobre cabelos

glicerina líquida ---- Ate como Cauterização





A receita mistura
         Xampu Limpeza profunda 
  • 3  colher de desfrisante 
  • 3 colheres de queratina líquida
  • 1 ampola de vitamina
  • 1 colher de glicerina

Blog : euvouderosa ,receita acima ....




Vocês já devem estar carecas de saber que usar a glicerina nas hidratações de cabelo dá um mega resultado!Eu coloco 2 tampinhas de glicerina junto ao creme e deixo por 30 minutos,já se nota a diferença na primeira vez,o cabelo fica mais macio,emoliente e bilhoso




glicerina líquida- Maquiagens

Borrife aquele fluído básico (3 partes de água 1 parte de glicerina líquida) no pincel para maior fixação da sombra.


video




sábado, 24 de setembro de 2011

Redoxon nos cabelos !

Redoxon liquido por 7 reais
MAS QUE É O REDOXON ?  
Basicamente o redoxon é vitamina C pura

COMO O REDOXON AGE NO CABELO ?
 O redoxon (vitamina C)
tem a função de fortificar, hidratar dar brilho
 e reparar o cabelo.
Vende em qualquer farmácia e não tem nenhum 
efeito colateralruim sobre o cabelo.


COMO USAR
O certo é você pingar umas 40 gotas no shampoo
 e no condicionador ou no creme de tratamento.
Coloque  uma colheres de chá de Redoxon no creme de hidratação e deixar o tempo de pausa indicado na embalagem do creme 
 Lembrando que ele não faz MILAGRES, mas ajuda o cabelo ficar saudável e bonito.



sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Monovin a, usei em minha cliente !!

Parece grandinho na foto né? Mais reparem na quantidade de ml escrito na caixinha...

 O Monovin-A é um concentrado de vitamina que ajuda no crescimento dos cabelos, além de melhorar na beleza e no brilho. O Monovin deixa os cabelos mais fortes, resistentes, e pode ser usado por qualquer pessoa, principalmente se você freqüentemente faz escovas, chapinhas, usa tinturas, faz progressivas, descoloração, alisamentos de qualquer tipo ou outros processos
Hoje Dia 23/09/2011
Resultado do Monovin A. Dia 23/12/2011


Vocês encontra na loja de produtos veterinários, Minha cliente comprou centro do Cabo BR 



Receitinha Shampoo Milagroso:

 1 colher de sopa de Monovin A para um shampoo de 250 a 300 ml
 1 colher de sopa de Monovin A  para creme hidratante de 300 g
 1 colher de sopa de Monovin A para condicionador de 250 a 300 ml

Juliana colocou uma colher e meia na hidratação da Novex Beleza pura


Importante

  O certo é fazer em shampoo de ate 300 ml, 
  Utilize shampoo sem sal
  Nunca, jamais, nem pensar aplique o produto diretamente no couro cabeludo, ele é um óleo e deixaria o cabelo super oleoso podendo ate cair o cabelo
  Não injete o produto, é um produto para cavalos, só se você tiver um cavalinho
  Não adianta usar ampolas de vitamina A, elas são fracas e ao longo prazo ressecam o cabelo (experiência própria)

 Peguntas Frequentes:

 Faço tratamentos químicos (relaxamento, escova progressiva) há algum problema em usar o produto?

 Não há problema, o monovin só vai fazer bem pro cabelo, ele é pura vitamina A que é muito importante para os fios, toda vez que uso o shampoo milagroso sinto meu cabelo mais hidratado , vivo e brilhante.

 Tenho medo de usar o produto por ser destinado a cavalos...

 Não precisa ter medo,  coloque no xampu ou hidratação.

Comprei um shampoo de 1 litro quantas colheres de monovin a devo colocar?

 Eu recomendo que você peque uma embalagem de shampoo vazia de ate 500 ml e coloque parte do shampoo dentro dela  e guarde o restante.

 Coloque uma colher de sopa na embalagem com o shampoo de 300 a 500 ml.

 Ex: Embalagem de 250 ml, coloque 250 ml do shampoo de um litro na embalagem e guarde 750 ml.E coloque 1 colher de sopa de monovin A.

 Com o tempo os ativos, principalmente vitaminas vão perdendo a força o melhor então é fazer em  pequenas quantidades de shampoo.



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Como lavar os cabelos sem causar danos aos fios?





Vejo tantas mulheres com mil produtos, cuidados e tratamentos especiais para os cabelos, e nem sempre conseguem o resultado esperado. Poucas sabem que o erro pode estar logo no início: no banho, ao lavar os cabelos. Lave suas lindas madeixas de forma incorreta, e qualquer investimento em produtos e tratamentos pode ir por água abaixo…  Eu coloquei em prática e percebi quanta diferença fazem os detalhes que envolvem esse nosso ritual quase diário. Vamos por partes?

1) ANTES DE LAVAR >> Entender o estado atual do seu cabelo para avaliar quais as suas principais necessidades é muito importante na hora de escolher os produtos mais adequados. >> Antes de entrar no banho, penteie os fios para desatar os nós e eliminar parte da sujeira acumulada. >> Regule a temperatura da água para morna a fria. Água muito quente resseca que é uma beleza…

2) USANDO O SHAMPOO >> Nunca aplique o shampoo diretamente no cabelo. Espalhe primeiro nas mãos e então no cabelo, sempre começando pela raiz. >> Use as pontas dos dedos para distribuir o produto na raiz do cabelo, com suavidade. Nunca as unhas! >> No comprimento e pontas, deslize as mãos unidas, espalhando o shampoo de cima para baixo, mecha por mecha, sem esfregar. Assim evitará quebras. >> Para as pontas do cabelo, basta a espuma que vem da raiz. Elas são a parte mais delicada e agredida do cabelo e merecem atenção especial. Nada de embolar o cabelo do alto da cabeça, viu mocinhas? >> Aplicar o shampoo duas vezes garante a remoção de resíduos. Mas se o cabelo é lavado todos os dias, não precisa repetir a operação. >> Não dilua o shampoo em água. Isso faz os ativos perdem sua eficácia. >> Os cabelos podem ser lavados diariamente, mas não abuse. O excesso de ação detergente remove a hidratação natural dos fios. Para isso não acontecer, prefira produtos para uso diário !

3) ENXÁGÜE DO SHAMPOO >> deixe a água escorrer da raiz as pontas. Esfregar é um pecado… >> remover o shampoo por completo vai garantir o sucesso dos produtos que você aplicar depois.

4) USANDO O CONDICIONADOR >> todo cabelo precisa do condicionador. Sua finalidade principal não é hidratar e sim fechar a as escamas do cabelo que foram abertas pelo shampoo para remover as impurezas. >> Espalhe primeiro o produto nas mãos e depois no cabelo, evitando a raiz. Você pode aplicar somente no comprimento e pontas ou a 3 cm da raiz. >> Separe o cabelo em mechas e aplique o condicionador com movimentos de cima para baixo, como se você estivesse alisando os fios. >> Aguarde a acão do condicionador por 2 a 3 minutos e então enxágüe completamente. >> Nem pense em cair na armadilha de deixar um pouquinho do condicionador no cabelo. Isso só faz com que o cabelo fique opaco e resseque ao contato com o sol, poluição e impurezas. >> O desembaraço do cabelo deve ser feito ainda no banho, delicadamente, e não depois. Use os dedos ou pente de dentes largos. >> Mexa o cabelo ou balance a cabeça para ver se os fios estão soltos e leves. Se preciso, enxágüe até que sinta os fios bem soltos.

5) SECANDO O CABELO >> Com uma toalha macia, pressione da raiz às pontas. Não esfregue jamais! >> Não faça aquele turbante de toalha. Remova o excesso de água gentilmente com ela.

Máscara de hidratação para todos os tipos de cabelo ¨facil,facil¨.





Material
  1. Touca de alumínio para cabelo
  2. Qualquer creme para cabelo
  3. Piranha para prender o cabelo
Esta máscara é muito simples e rápida. É a mesma máscara que os salões de beleza fazem ! Num dia que você estiver com tempo para ficar no mínimo uma hora de bobeira em casa, faça! Seus cabelos ficarão com brilho e macios!





O primeiro passo é  lavando os cabelos como sempre, com o xampu e condicionador da sua preferência. Feito isso,tire todo o excesso de água do cabelo e penteie o cabelo. Lembre-se: os cabelos nunca devem ser secos esfregando a toalha no cabelo

Apenas envolva a toalha nos cabelos, e aperte suavemente. Isso evita que eles fiquem
 quebradiços e com pontas duplas! Na pia do banheiro, pegue um creme de cabelo de sua preferência. Eu já usei várias marcas, mas o que eu mais gostei (e é super barato) foi o Tutanat oleo de argan e pos amonia  é varias outros

Separe uma mecha de cabelo, e passe o creme uns 3cm longe da raiz. Vá fazendo massagens na mecha de cabelo, no sentido da raiz até a ponta dos cabelos. Fique massageando cada mecha uns 2 minutos. Separe o cabelo em várias mechas, e passe o creme em todas, sempre passando o creme da raiz até as pontas.


Repita este processo no cabelo todo. O importante desta hidratação é a massagem no cabelo. É isso que fazem no salão: uma vigorosa massagem no cabelo com um creme . Com o cabelo todo massageado, pegue uma touca de alumínio que você compra em lojas de cosmético. Custa menos de 4 reais, e dura anos. (Esta touca é a substituta daquelas toucas horrorosas e perigosas de antigamente, que se ligava na tomada!). Prenda o cabelo num coque com a piranha, e coloque a touca de alumínio. Fique com a touca por no mínimo 30 minutos. 

 Após os 30 minutos é hora de enxaguar o cabelo. Mas você não precisa entrar no banho novamente. Um outro segredo dessa hidratação é enxaguar o cabelo com água fria.

 E para isso, lave os cabelos no tanque de lavar roupa! Assim, você tira todo o creme do cabelo com água fria. A água fria é importantíssima para não ressecar o cabelo. Ela fecha as escamas do cabelo, evitando as pontas duplas, a quebra, e o ressecamento. 

 E dá brilho. Após lavar os cabelos com água fria, enrole uma toalha na cabeça e espere secar um pouco. Penteie os cabelos normalmente, e deixe secar naturalmente. Ou se quiser ficar mais arrumada, faça uma escova ou chapinha. Daí é só esperar os elogios! Todos percebem a diferença!


 

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Xampu para os cabelos



O xampu é como remédio, somente será receitado por um profissional após o exame dos fios e do couro cabeludo.

O uso de produtos adequados garante fios mais saudáveis e bonitos.

A função básica de um xampu é remover a sujeira da haste do cabelo e do couro cabeludo.
Poderá também conter princípios ativos de tratamento.

O aparecimento de ardência, irritação, coceira, vermelhidão ou feridas após o uso de determinado xampu sinaliza a inadequação do mesmo.

O PH do couro cabeludo está entre 3.8 e 5.6 e o PH ideal para um xampu de uso diário está entre 5 e 7.
Se o PH for maior que 7, as cutículas se abrirão mais. É o caso dos xampus anti-resíduos, que eliminam em maior profundidade os corpos oleosos, restos de queratina, poeiras e cosméticos depositados sobre a haste capilar.

No caso de cabelos danificados ou quimicamente tratados, o PH do xampu deverá ser ácido.

Nossos xampus contém geralmente detergentes aniônicos (cargas elétricas negativas) que abrem as escamas da cutícula para a limpeza.

Também é fundamental saber como a água que usamos para a lavagem foi tratada.

Aqui no Brasil é usado o cloro, o que determina que a concentração do tensoativo (detergente) no xampu seja em torno de 25%. Já na Europa e nos Estados Unidos, onde a água é tratada com cálcio e magnésio, essas concentrações vão de 50 a 75%.

O xampu deve atender às necessidades específicas de cada indivíduo e, para tanto, deverá:
1 - Limpar sem agredir os fios ou o couro cabeludo;
2 - Ser facilmente enxagüável;.
3 - Ter espuma rica e cremosa;
4 - Ter odor e aspecto agradáveis;
5 – Não irritar os olhos e as mucosas;
6 - Após o seu uso, os cabelos devem ficar macios, flexíveis e com brilho.



Condicionadores para os cabelos


Quando os cabelos apresentam as escamas da cutícula danificadas ou carregadas de cargas elétricas negativas, adquirem aspecto ressecado, sem brilho, arrepiado e embaraçam facilmente.

Alguns fatores que contribuem para que isso aconteça:
Tratamentos químicos – destruição da cutícula;
Lavagens freqüentes – xampus com grandes concentrações de detergente ou ph alcalino;
Escovação freqüente – ativa a eletrostática das escamas da cutícula;
Secadores elétricos – cargas elétricas negativas do ar e desidratação dos fios;
Sol e vento – desidratação dos fios;
Ar condicionado – retira a umidade do ar;
Distúrbios de saúde – falta de óleos poliinsaturados, vitaminas, proteínas, etc.

Os condicionadores formam uma película invisível sobre os fios com cargas elétricas positivas, que fecham as escamas e facilitam o pentear. Possuem, ainda, princípios ativos com peso molecular muito pequeno, que penetram no Córtex capilar e recompõem sua estrutura.

Dependendo dos princípios ativos e das suas formulações, os condicionadores propiciam aos cabelos:


Elasticidade
Suavidade
Brilho
Maciez
Movimento



Continuação--Bjus Salão Elegance

O crescimento dos cabelos






Os cabelos crescem descontinuamente, intercalando fases de repouso com fases de crescimento, de modo que os fios encontram-se em estágios diferentes em seus ciclos de desenvolvimento.

Na fase de crescimento (anágena), com duração peculiar a cada indivíduo, os fios de cabelos crescem em média 10 a 20 cm ao ano.

Determinantes genéticas influem sobre a textura, cor, curvatura, densidade e o crescimento dos cabelos.



Existem ainda outras influências

Hormonais
 - Os hormônios circulantes na corrente sanguínea modificam o crescimento dos cabelos na puberdade, na gravidez, na menopausa , na terceira idade e em decorrência de doenças glandulares.

Nutricionais - A alimentação carente em proteínas, vitaminas e gorduras insaturadas alteram os ciclos capilares.
Químicas - Muitas substâncias e medicamentos influem no crescimento e na perda dos cabelos.
Psíquicas - Transtornos emocionais ou estresse intenso podem originar perda dos fios.
Envelhecimento - Com o avançar da idade acontece, no couro cabeludo, uma diminuição importante dos fibroblastos, que produzem o colágeno. Somam-se a isso as alterações tróficas decorrentes dos radicais livres que agridem as células do folículo piloso. O resultado é uma menor densidade de cabelos no couro cabeludo.


O aspecto dos cabelosAs glândulas sebáceas do couro cabeludo (existem entre 400 e 900 por cm² ) produzem lipídeos (triglicerideos, ácidos graxos, esqualeno, colesterol ), cuja função é impermeabilizar os cabelos, deixando-os macios, flexíveis e brilhantes.

As glândulas sudoríparas (de 50 a 350 por cm²), por sua vez, dão origem ao suor que assegura o equilíbrio térmico e elimina as toxinas do metabolismo celular. O suor é constituído de água, sódio, cálcio, potássio, ácido lático, glicose, uréia, aminoácidos, apresentando um PH entre 3.8 e 5.6 e protegendo contra os microorganismos que habitam o couro cabeludo.

A produção das glândulas sebáceas, somada à produção das glândulas sudoríparas e mais os resíduos da desintegração da epiderme, compõem o Manto Hidrolipídico, que é um fator de proteção da pele.

Alterações emocionais, hormonais, nutricionais, o esforço físico, fatores climáticos e outros, influirão sobre a composição do Manto Hidrolipídico do couro cabeludo e, em decorrência , na aparência dos cabelos.

Classificação dos cabelos conforme grau de oleosidade e hidratação
Cabelos Normais - As glândulas sebáceas liberam oleosidade suficiente. Os fios são brilhantes, macios, maleáveis e desembaraçam com facilidade, mesmo quando molhados.

Não são oleosos na raiz nem secos nas pontas, e as cutículas são fechadas.

A limpeza pode ser diária com um xampu neutro.
Cabelos Secos - As glândulas sebáceas são hipofuncionais. Os fios são opacos, rebeldes e quebradiços. As pontas se rompem, abrindo-se em forquilha. As cutículas são abertas, tornando-os porosos, ásperos e embaraçados.

Fatores externos como tratamentos químicos freqüentes ( tinturas, descolorações, permanentes, alisamentos) bem como o uso do secador ou a exposição prolongada ao sol ou à água da piscina, alteram a estrutura dos fios, que perdem a elasticidade e o brilho.

O ideal é lavá-los 2 vezes na semana com um xampu com detergente suave (ph ácido e princípios ativos hidratantes), complementando com um condicionador.

Cabelos Oleosos - o couro cabeludo apresenta exagerada produção de sebo pela hiperatividade das glândulas sebáceas. Os fios apresentam-se aglutinados, sem volume, gordurosos e, às vezes, exalam odor característico.

Pode haver irritação e prurido no couro cabeludo.

A limpeza pode ser diária com água fria (água quente estimula a oleosidade) e xampu desengordurante.
Cabelos Mistos - É o cabelo da maioria das brasileiras. Apresenta oleosidade no couro cabeludo mas as pontas são desidratadas. Deve-se ao não espalhamento do sebo pelas superfícies dos fios. Requerem cuidados especiais na lavagem e condicionamento.
Cabelos Frágeis - Determinados geneticamente ou por deficiências nutricionais ou metabólicas. São cabelos finos e com pouca resistência. Necessitam cuidados especiais.
O xampu deverá ser adequado a cada caso.
Cabelos Volumosos - São secos e arrepiados, com as cutículas abertas.
Exigem xampus e condicionadores adequados.
Cabelos Tingidos - O processo repetido de tinturas danifica as fibras de queratina presentes nos fios, provocando ressecamento, falta de brilho e alterações na tonalidade da cor. Usar xampus e condicionadores hidratantes.

Cabelos com Caspa - A caspa pode ser seca ou oleosa. O xampu será adequado ao couro cabeludo e aos fios.

Continuação ---Bju Salão elegance










A cor dos cabelos




A cor dos cabelos tem função puramente decorativa e varia entre os matizes negro, castanho, louro, ruivo, grisalho e branco.

Ela depende da quantidade e da qualidade dos grânulos de um pigmento chamado melanina que estão presentes no córtex dos fios.

A variedade das cores dos cabelos é devida a 2 tipos de melanina:
Eumelanina - cabelo castanho e preto
Feomelanina - cabelo castanho avermelhado e louro

Um maior número de grânulos de melanina está presente no córtex dos cabelos mais escuros.
O cabelo louro contém pouca melanina.

No cabelo vermelho, o pigmento é a feomelanina e ele, muitas vezes, escurece para o castanho avermelhado com o avançar da idade.

Os grânulos de melanina são fabricados pelos melanócitos, células produtoras de pigmentos, que situam-se no bulbo capilar (raiz do cabelo) e que sofrem a influência do hormônio melanocítico produzido pelo lobo intermediário da hipófise.

A produção dos melanócitos dá-se somente na fase de crescimento dos cabelos (anágena) e necessita da enzima tirosinase.

Com o passar dos anos, a atividade dos melanócitos se altera, diminuindo também a atividade da tirosinase, acontecendo então o embranquecimento do cabelo, chamado de canície.

Não só a idade, mas o estresse e algumas doenças, como as tireoidites ou a anemia perniciosa, também promovem a canície.



Nutrição dos cabelos    
Clique para ampliar
Tabela periódica
Todos sabemos que existe uma correlação direta entre o que comemos e a nossa saúde. Os alimentos são a fonte de energia e a matéria prima para manter em atividade nosso organismo e produzir os hormônios, as enzimas e as proteínas necessárias ao nosso desenvolvimento.

Os cabelos compõem-se 90% da proteína queratina que contém, na sua estrutura, 18 aminoácidos, 8% de água, lipídeos, pentoses, glicogênio e ácido glutâmico, e 2% dos minerais de ferro, cobre, zinco, alumínio e cobalto.

O ressecamento é o primeiro sinal de que os cabelos estão desnutridos, sendo que a perda da umidade dos fios provoca uma diminuição da coesão entre as células, facilitando com que eles se quebrem.

Qualquer fator do organismo que reduza a síntese de proteínas repercutirá sobre o crescimento dos cabelos.

Regimes radicais ou estados de desnutrição com falta de proteínas, vitaminas ou óleos essenciais aumentam o número de folículos em fase de repouso, determinando o afinamento, a perda do brilho e a interrupção do crescimento dos fios.

O terapeuta capilar, valendo-se dos conhecimentos originários da ortomolecular, indicará alimentos funcionais para otimizar os nutrientes dos cabelos e do couro cabeludo, prevenindo, com isso, suas carências.



Continução Bjus  Salão elegance

As características dos cabelos





Os humanos apresentam entre 90 e 150 mil fios de cabelos no couro cabeludo. Dez por cento a mais nos louros e dez por cento a menos nos ruivos. Em média, estes fios crescem 1 cm por mês (0,37 mm/dia) e a perda normal está entre 50 e 100 fios diários.

O cabelo é uma haste fibrosa, formada por células mortas compostas de uma proteína chamada queratina, produzida por células chamadas queratinócitos (a única parte viva do fio) que se encontram no bulbo, na derme do couro cabeludo.

Um dos componentes da queratina é o aminoácido cisteína, que contém alto teor de Enxofre.

A cor do cabelo é resultado de outra proteína, chamada melanina, produzida por células chamadas melanócitos, que se encontram junto da papila, a parte onde se dá a reprodução celular. 

O bulbo e uma ou mais glândulas sebáceas, juntos com o músculo eretor do pêlo, compõem o folículo pilo-sebáceo. 

Ao nível desse músculo existe a Zona de Bulge, onde estão as células responsáveis pelo desencadeamento dos ciclos de crescimento capilar.

A Haste Capilar é formada por uma parte central, chamada de Medula, que é repleta de componentes porosos, desconhecendo-se ainda qual a sua utilidade. 

Circundando a Medula, temos o Córtex, uma camada composta de feixes de queratina repletos de grânulos de melanina e unidos por uma cola biológica. 

O Córtex é responsável pela resistência e elasticidade dos cabelos.

A parte mais externa dos fios, a Cutícula, compõe-se de células tipo escamas sobrepostas, também queratinizadas, com altas concentrações de enxofre, que funcionam como uma barreira protetora para o Córtex e a Medula, e que são responsáveis pelo brilho , maciez e penteabilidade dos cabelos.

A Cutícula tem cerca de 5 a 10 camadas de espessura, sendo que suas células empilham-se umas sobre as outras, formando uma superfície bem plana. Elas mantêm-se unidas através das ceramidas, os lipídeos intercelulares. 

Cada fio poderia ser comparado com um lápis



A parte mais interna - o grafite - seria a Medula.

A madeira seria o Córtex.

A parte mais externa - a tinta - seria a Cutícula.

Quando a camada mais externa sofre algum tipo de agressão, a tinta sai (cutícula) e a madeira (córtex) fica exposta. Córtex aberto significa fios quebradiços.

Além de queratina, melanina e ceramidas, o cabelo contém água, pentoses, fenóis , ácido glutâmico, valina, leucina, cobre, zinco, ferro, manganês, cobalto, cálcio e alumínio.

As características da Haste Capilar são:


Forma, Comprimento, Cor, Brilho, Diâmetro, Solidez, Plasticidade, Elasticidade, Eletricidade estática, Densidade e Crescimento.





Continuação ---Bjinho Salão elegance
Certos cuidados e produtos adequados combatem a fragilidade do cabelo poroso.


A porosidade, causada pelo desequilíbrio nas escamas protetoras, é o primeiro sintoma de um cabelo sensibilizado. Isto acontece quando as escamas estão desalinhadas, quebradas ou com falhas, permitindo a perda de umidade, lubrificação deficiente e facilitando a penetração de agentes que danificam e fragilizam os fios tornando-os ásperos, embaraçados e quebradiços.
                              
  Esta porosidade faz com que os cabelos fiquem mais volumosos e rebeldes, o brilho desaparece e os fios ficam todos arrepiados e vulneráveis às condições ambientais, retendo resíduos de poluição, e aos raios solares, que também atuam mais sobre os pigmentos, acelerando o processo de desbotamento da cor. As pontas dos cabelos começam a abrir “em flor” e se partem facilmente com o manuseio.


       As cutículas são barreiras protetoras que dificultam a ação danosa dos agentes ambientais (vento, sol, poluição, baixa umidade do ar, ação de produtos químicos etc.). Estes agentes atuam de diversas formas:  


    

  • O sol produz, com seus raios ionizantes, radicais livres que destroem as moléculas, resultando em desbotamento, ressecamento e envelhecimento do fio;
  • A baixa umidade do ar pode ser sentida na pele, que passa a repuxar, incomodando e acelerando o processo de aparecimento das rugas. O mesmo ocorre com os cabelos, que passam a ter um aspecto envelhecido;
  • A poluição deposita sobre os fios substâncias químicas em pequena quantidade, mas que vão se acumulando e agindo sobre as moléculas, que compõem a estrutura do cabelo, alterando-as lentamente com o tempo;
  • Com o tempo úmido, principalmente no outono, os fios porosos tornam-se muito elásticos quando absorvem excesso de umidade e ficam fragilizados rompendo-se facilmente.

Ciclo do Cabelo


Um fio de cabelo cresce de 0,3 a 0,4 mm por dia, ou seja, aproximadamente 0,9 a 1,2 cm por mês. Esta velocidade de crescimento, em se tratando de um couro cabeludo, corresponde à produção total de um fio de cabelo com um comprimento da ordem de 15 km por ano! Contudo, o fio de cabelo não cresce de forma contínua ao longo de toda a vida, mas por ciclos sucessivos. Cada ciclo comporta diversas etapas: crescimento, regressão, repouso e queda.



1. FASE ANÁGENA ou fase de crescimento


O cabelo é produzido pelo folículo piloso. A duração desta fase de crescimento é muito variável de um folículo para outro, e de um indivíduo para outro: de 1 a 10 anos e, em média, de 3 a 4 anos.




2. FASE CATÁGENA ou fase de regressão


O cabelo não cresce mais, as células profundas do folículo piloso degeneram-se. O conjunto do folículo piloso se retrai em direção à superfície (duração de 2 a 3 semanas).


3. FASE TELÓGENA ou fase de repouso


O cabelo permanece "fixo" no folículo por aproximadamente 3 meses. A fase telógena se conclui com a expulsão do cabelo.


4. FASE EXÓGENA ou fase de queda


Uma vez que o cabelo tenha sido expulso, começa um período de latência de 2 a 5 meses, seguida por um novo ciclo pilar. O folículo piloso se regenera e volta a descer para sua posição inicial. Começa uma nova fase anágena. 


O sebo produzido pelas glândulas sebáceas, que em cutículas alinhadas é responsável pelo brilho e sedosidade dos cabelos, já não é suficiente para envolver e proteger toda a estrutura do fio, visto que as cutículas abertas aumentam a área a ser envolvida. Seria preciso muito mais sebo do que o naturalmente produzido.
Para recuperar a vitalidade de um cabelo fragilizado, facilmente constatado através de um diagnóstico, devemos sempre dispor de produtos mais concentrados em ativos, que proporcionam uma revitalização instantânea. 


 A hidratação constante possibilita um tratamento contínuo e intensivo para os cabelos, promovendo uma regeneração e nutrição mais profunda, fazendo com que o fio fique cada vez mais saudável. É indispensável, também, a retirada de pontas partidas.
Dica de tratamento para recuperação dos fios:


DiaLavagemHidrataçãoDetalhes
Profunda3 colheres de creme hidratante + 1 colher se sopa de azeite de oliva
Caseira1/2 abacate + 1 colher de azeite de oliva + 1 colher de mel
InstantâneaAmpola Power Repair B
Profunda3 colheres de creme hidratante + 1 colher de sopa de açúcar cristal + 5 ml de Bepantol líquido
InstantâneaAlfaparf Semi Di Lino Diamante
11ºCaseira1/2 pote de iogurte natural + 1/2 abacate + ½ cenoura
13ºProfunda3 colheres de creme hidratante + 10 ml de queratina líquida
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...